25.11.2015 Visita guiada ao Edifício Matarazzo (São Paulo-SP)

12249962_10207604150839145_5859011239027844918_n (1)

Vista de tirar o fôlego!

Um dos edifícios mais imponente e significativo da cidade de São Paulo está aberto a visitações. A São Paulo Turismo, empresa de lazer e eventos da cidade de São Paulo, oferece um passeio guiado gratuito dentro do Edifício Matarazzo, hoje sede da Prefeitura Municipal da cidade.

As visitas acontecem de segunda a sexta feira, sempre às 15, 17 e 19 horas. Elas possuem a duração de 1 hora e devem ser agendadas pelo e-mail visitaedificiomatarazzo@spturis.com até às 14h do dia anterior. O ponto de encontro é na Central de Informação Turística (van) do serviço da São Paulo Turismo, estacionada na frente do prédio ou na Praça Patriarca, ao lado.

Construído no final da década de 1930 para ser a sede das Indústrias Reunidas Francisco Matarazzo, o prédio foi projetado por Severo e Vilares, com revisão do italiano Marcello Piacentini, arquiteto de Mussolini. Em estilo neoclássico com moderno, utilizando algumas simbologias do Império Romano, ele é todo revestido com mármore italiano. Consta que este foi o maior carregamento do material já trazido ao país.

Após passar por diversos outros donos como o Grupo Audi e o Banespa, apenas em 2004 o edifício se tornou propriedade do governo municipal da cidade.

Logo no saguão é possível contemplar o mosaico do Mapa do Brasil criado pelo Studio Mosaico Padoan, mostrando que as Indústrias Matarazzo estavam atuando em todo o país. Produzido em Veneza, no ano de 1939, ele só conseguiu chegar ao Brasil em 1946, com o final da segunda guerra mundial.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Visita guiada ao Edifício Matarazzo (São Paulo-SP)

De lá partimos para uma pequena sala onde a guia fala um pouco sobre a história do prédio, seguida por um vídeo de apresentação.

Apenas o 3º andar (entrada pelo Viaduto do Chá) e o 5º andar (gabinete do prefeito) são tombados pelo patrimônio histórico, assim como a fachada. Durante a visita é possível visitar apenas o 3º e 14ª andar, onde está localizado o jardim. Uma curiosidade é que o prédio não possui o 13º Andar, por motivos de superstição. As visitas ao gabinete ocorrem apenas aos sábados, quando não há expediente.

Sempre sonhei em conhecer o jardim suspenso do Matarazzo e essa visita é uma grande oportunidade para quem, assim como eu, sempre teve curiosidade. O espçao possui mais de 400 espécies de plantas e árvores das mais diversas localidades do mundo, além de um pequeno lago com 19 carpas.

O passeio inclui 3 mirantes, que possuem pontos distintos de observação. Como fui em uma temporada de horário de verão, acredito que o melhor horário da visita é às 19h, quando o céu ainda está escurecendo e conseguimos captar o belíssimo entardecer da selva de pedra e suas luzes urbanas. Imperdível!

Confira imagens:

11954606_10207604151759168_7299501992638259059_n

Todas as árvores são catalogadas

12274530_10207604152799194_6763373956950363375_n

São mais de 400 espécies de plantas

12301715_10207604151399159_7075256846096933312_n

Corredor do jardim

12308726_10207604151799169_2793879128382462777_n

Lago com carpas

12294842_10207604151199154_827997217426880945_n

Mosaico italiano

12299142_10207604150919147_4279514078820019604_n

Com a Câmara Municipal de São Paulo ao fundo

12299373_10207604154359233_7403422651605289425_n

De noite, iluminada

11216803_10207604155999274_3951162254730329171_n

Grupo visitante

 

Serviços:

Edifício Matarazzo
Viaduto do Chá, 15 – Anhangabaú – Centro – São Paulo.
Visitas: Segunda a sexta-feira, 15, 17 e 19 horas.
Agendamento: visitaedificiomatarazzo@spturis.com até às 14h do dia anterior.

PLANEJE A SUA VIAGEM!

Booking.com

Olá, meu nome é Thatiane Ferrari

Jornalista especializada em cultura. Já zanzei por mais de 35 países, na maioria das vezes sozinha e com o orçamento curto. Decidi reunir aqui minhas andanças pelo mundo, com o objetivo de compartilhar e estimular a ideia de menos consumo e mais vivência. Viajar é possível, basta planejar!

Restaurante Egípcio Koshary Abou Tarek

por: Thatiane Ferrari
Arroz, macarrão, lentilha, grão de bico e cebola frita. Tudo isso regado com um suculento molho de tomates. Deu água na boca? Esse é o koshary, tradicional comida que n&ati...

Remédios em Viagem

por: Thatiane Ferrari
Algo que temos que ficar muito atentos é a questão de remédios em viagem. É importante que você tenha com eles um cuidado redobrado, pois não é garantia...