Parte externa do Oceanário de Lisboa
24.09.2018 Oceanário de Lisboa: desvendando o fundo do mar

“Quando eu morrer voltarei para buscar. Os instantes que não vivi junto ao mar”. Na parede, a tocante frase de Sophia de Mello Breyner Andresen, uma das principais poetisas portuguesas do século 20 é quem convida os visitantes a entrarem. Com olhares curiosos e em curtos passos por conta da escuridão, somos transportados de uma só vez para dentro dele: o Oceanário de Lisboa. 

Pela terceira vez eleito pelos viajantes do site Trip Advisor como o “Melhor Aquário do Mundo”, o Oceanário de Lisboa realmente impressiona. Tudo é grandioso! Quatro ambientes marinhos criam a ilusão que estamos em um único grande aquário central. Lá vivem mais de oito mil organismos de aproximadamente 500 diferentes espécies reconstituindo os ecossistemas dos oceanos Atlântico, Antártico, Pacífico e Índico.  

 

Oceanário de Lisboa

Visitantes se divertem com as raias

 

A sensação é a mesma que a de um mergulho. A proximidade é tanta que parece que estamos dentro da água. Água aliás, que é produzida lá mesmo. O sal é importado do Mar Vermelho, em Israel e adicionado na água doce, a fim de manter as características químicas apropriadas para as espécies. 

Com os balés sincronizados das urtigas-do-mar, o caminhar desengonçado dos pinguins e o divertidas cambalhotas aquáticas das lontras-marinhas fica difícil eleger um bicho preferido. Porém, a oportunidade única mesmo é ver bem de pertinho os tubarões (tanto que conseguimos ver os dentes deles).  São 15 diferentes espécies do “rei do mar”, dentro do aquário central que, para o bem de todos, é feito de acrílico com 27 centímetros de espessura. 

 

Tubarão dentro do Tanque principal do Oceanário

O Oceanário possui 15 espécies de tubarão

 

Juro mesmo que tomei um susto quando cheguei no aquário dos peixes chatos, vocês já viram? Achei que eles estivessem mortos, mas não. Eles ficam deitados no fundo mar e têm os olhos todos de um lado só. É difícil tirar fotos, pois na maioria das vezes eles estão encobertos pela areia. Aliás, vale lembrar que, com a finalidade de não incomodar de maneira nenhuma os animais, é proibido usar flash durante as fotos e o nosso conhecido pau de selfie também não é bem-vindo. 

 

Peixes do Oceanário de Lisboa

Peixinhos do Oceano Índico

 

Já no final da exposição permanente, no segundo piso, o mais famoso morador do aquário dá o ar da graça. As crianças se apertam e colam os rostinhos na tela transparente para tentar interagir . No meio de algumas algas surge ele, o peixe-palhaço, mais conhecido como Nemo, nadando calmamente com a sua beleza branca e laranja. 

Chegar pertinho desse mundo deslumbrante e misterioso sempre é uma oportunidade única, por isso faço minhas as palavras da poetisa: “Mar, metade da minha alma é feita de maresia”.

Informações sobre o Oceanário de Lisboa

Planeje a sua visita tendo como base os horários em que é liberado assistir a alimentação dos animais. Assim o passeio fica ainda mais interessante!

 

Horário de alimentação dos peixes no Oceanário de Lisboa

Horários sujeitos a alteração sem aviso prévio

E se depois de tudo isso a sua fome também bater, existe dentro do local o branquíssimo Restaurante Tejo, que oferece lanches e o menu fixo completo por 10€ . Já na saída há um café.  Para finalizar o passeio, não se esqueça de passar na lojinha.

 

Difícil conseguir sair de lá nem que seja com uma pequena lembrancinha. O legal é que recentemente com o movimento #SEATHEFUTURE, o Oceanário assumiu o compromisso de até 2021, 95% dos produtos vendidos na loja serão sustentáveis e amigos do ambiente. 

 

Loja do Oceanário de Lisboa

Impossível não querer levar uma lembrancinha

 

Compromisso com a preservação

Confesso que sempre me incomoda visitar locais onde os animais são as atrações principais, porém achei prudente pesquisar as condições do local e o discurso da entidade.  

Eles possuem fundos para a preservação das espécies ameaças e apoiam estudos científicos que visam manter a integridade dos ecossistemas marinhos.  Para se ter uma ideia, eles são pioneiros na reprodução de algumas espécies, entre elas, os tubarões de Port-Jackson que, em cinco anos, já nasceram oito dentro da instituição.  

 

Seguro viagem geral 728x90
 

 

Oceanário de Lisboa: tickets

Os ingressos podem ser comprados pela internet, diretamente nas bilheterias ou nas máquinas em frente ao local. Os valores para adultos é de 18€ e idosos (acima de 65 anos) 12€. Crianças até 3 anos não pagam e acima disso até 12 anos, pagam 12€. Há também o ingresso família por 47€, que dá direito ao acesso de dois adultos e duas crianças. Para famílias maiores, cada criança extra sai por 6,10€.

 

Medusas no Oceanário de Lisboa

Invertebrados marinhos

Atividades extras oferecidas 

Imagine dormir do ladinho de um tubarão? Sim, isso é possível! Pelo preço de 60€ por participantes, crianças e famílias podem passar a noite dentro do Oceanário. Para os menorzinhos também têm atividade. Destinado as crianças de até 3 anos, o Concerto para Bebês visa despertar nos pequenos os sentidos da audição e visão. É realizado todos os sábados, às 9h e o ingresso sai por 35€ (bebê e dois adultos acompanhantes). Essas são apenas algumas das diversas atividades extras oferecidas pelo Oceanário. Consulte o site!

 yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Oceanário de Lisboa: desvendando o fundo do mar

Parque das Nações 

Localizado no Parque das Nações, que outrora abrigava lixos, entulhos e sucatas, a área foi totalmente revitalizada para receber a Expo’98, uma exposição mundial que teve como tema “Os oceanos: um património para o futuro”. Hoje o bairro se transformou na parte mais moderna da cidade.  

 

Teleférico do Parque das Nações em Lisboa

Teleférico do Parque das Nações

 

Aproveite para conhecer o melhor que a região pode lhe oferecer. Ao lado do aquário é possível visitar o Pavilhão do Conhecimento, um museu totalmente voltado para as questões da ciência. Ao longo do calçadão à beira rio existem diversos bares e restaurantes, aproveite para sentar em um deles e apreciar o movimento. Pertinho de lá há o teleférico de Lisboa, que oferece uma incrível vista do Tejo. Se seu estilo for mais de compras, o melhor local certamente é o Centro Comercial Vasco da Gama, cheinho de lojas e cinema. 

 

Serviço:

Oceanário de Lisboa 
Doca dos Olivais, Parque das Nações 
Metrô – Estação do Oriente (linha vermelha)
Aberto diariamente das 10h às 20h ou 19h (no inverno) 

 

PLANEJE A SUA VIAGEM!

Booking.com

Olá, meu nome é Thatiane Ferrari

Jornalista especializada em cultura. Já zanzei por mais de 35 países, na maioria das vezes sozinha e com o orçamento curto. Decidi reunir aqui minhas andanças pelo mundo, com o objetivo de compartilhar e estimular a ideia de menos consumo e mais vivência. Viajar é possível, basta planejar!

Fachada da LXFactory

LXFactory: um lugar para bater o ponto

por: Thatiane Ferrari
O seu Pietro está? Perguntei a um rapaz que me respondeu não, do alto da escada encostada na estante colorida cheia de livros. Insisti com um olhar desapontado e ele continuou: “de domingo ele nã...