Comida tipica africa o8t111yhzfx5xwkdcfm15bcmg74py15s54gzep4mbs - Festa do Imigrante em São Paulo: uma celebração cultural
04.06.2019 Festa do Imigrante em São Paulo: uma celebração cultural

Já virou tradição na cidade. Todos os anos, a antiga Hospedaria de Imigrantes do Brás, atual Museu da Imigração, abre suas portas para receber milhares de pessoas, que se reúnem com a intenção de celebrar suas origens. Nos dias 8 e 9 de junho de 2019, com o tema “Reencontre suas raízes”, a Festa do Imigrante em São Paulo, oferece uma oportunidade única para quem quer ter contato direto com a cultura de mais de 45 nacionalidades.

Em sua 24ª edição, a Festa do Imigrante em São Paulo, apresenta aos visitantes uma série de manifestações artísticas, gastronomia, oficinas de culinária, workshop de danças e artesanatos. Imigrar é um ato de coragem: um processo de ocupação do mundo em busca do desconhecido. É enfrentar o novo com o coração cheio de sonhos, almejando sempre dias melhores. Por isso, essa é a melhor forma de mostrar como a cidade consegue, com sua pluralidade, receber todos de braços abertos.

Comida da Coréia do Sul Festa do Imigrante em São Paulo
Barraca com as delícias da Coréia do Sul

Festa do Imigrante em São Paulo: a cidade de braços abertos!

A grandiosidade da Festa do Imigrante em São Paulo faz juz ao tamanho da cidade. Nela ganham destaque não apenas as nacionalidades de grande fluxo migratório como a portuguesa, italiana, japonesa e espanhola. Ela oferece também oportunidade de espaço para a nova geração de imigrantes, como famílias vindas da Síria, Venezuela, Bolívia, Camarões e Congo.

Essa São Paulo cosmopolita em diversos âmbitos possui também uma grande diversidade quando o assunto é gastronomia. São cheiros e sabores de todo o mundo, espalhados por 43 tendas gastronômicas. Para apresentar um pouco da cultura de cada um desses lugares, criamos lá no Facebook (com a ajuda do fotógrafo Luca Meola) uma galeria com os destaques dos cardápios. É só conferir.

                                     yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Festa do Imigrante em São Paulo: uma celebração cultural

No palco, mais de 22 horas de shows com apresentações de grupos folclóricos e contemporâneos estão garantidas. São artistas estrangeiros ou descendentes que demonstram no palco suas aptidões e amor pela nação que carregam no sangue, como Palestina, Bielorrússia e Coreia do Sul.  

Para quem não gosta só de assistir, mas também curte participar, algumas das companhias de dança ministrarão workshops com passos característicos de cada localidade. O jeito é ir com roupa leve e sapato confortável para aproveitar a programação.

SÃO PAULO | Museu do Futebol: Paixão Nacional

Há também o Empório, uma área onde estão os expositores com produtos frescos que podem ser levados para casa, como pães com fermentação natural, geléias, queijos e embutidos.

Além disso, o projeto “Sabor Paulista” oferece aulas com alguns dos principais chefes de cozinha do evento, valorizando a diversidade gastronômica que existe em São Paulo. É possível aprender a preparar pratos deliciosos que são referências na cultura de diversos países, como o Vareniks, da Rússia, uma massa recheada de batata ou o Tutmanic, um pão recheado com queijo da Bulgária.

Já para as crianças, o Espaço Faz e Conta trata do assunto imigração de forma delicada e lúdica, apresentando por meio de contações de histórias, um pouco do que acontece pelo mundo.

Paella da Espanha
Barraca da Espanha com a famosa paella

Museu da Imigração em São Paulo

Local onde se preserva toda a história do processo imigratório em São Paulo e no Brasil, o Museu da Imigração abrigou durante muitos anos, milhares de pessoas que chegavam na cidade, vindos de outros países e estados e não tinham onde permanecer.

Sua hospedaria serviu como base para famílias inteiras oriundas de diversas localidades, que vinham de diferentes partes do mundo com vontade de ficar. Algumas dessas histórias são contadas na exposição de longa duração  “Migrar: experiências, memórias e identidades”.

Ela apresenta ao visitante oito áreas que mostram desde a origem do processo imigratório no mundo até chegar nos dias atuais. Para quem possui curiosidade e quer encontrar registros de seus familiares, que porventura possam ter passado por lá, é possível pesquisar no livro digital de matrículas. Há também a lista de bordo de imigrantes que embarcaram no porto de Santos, entre os anos de 1888 e 1965.

Serviços

Museu da Imigração | 24ª Festa do Imigrante
Confira a programação completa: http://bit.ly/2JICSVY
Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 – Acessibilidade no local
Próximo ao metrô Bresser|Moóca – Dias 8 e 9 de junho (sábado e domingo) – Das 10h às 18h.
Ingressos: R$ 10,00 (Meia-entrada: R$ 5,00).

Fotos: Luca Meola (@lucameola1977)

PLANEJE A SUA VIAGEM!

Booking.com
Avatar

Olá, meu nome é Thatiane Ferrari

Jornalista especializada em cultura. Já zanzei por mais de 35 países, na maioria das vezes sozinha e com o orçamento curto. Decidi reunir aqui minhas andanças pelo mundo, com o objetivo de compartilhar e estimular a ideia de menos consumo e mais vivência. Viajar é possível, basta planejar!

Bairro da Liberdade em São Paulo

Coisas para fazer em São Paulo: 47 dicas!

por: Thatiane Ferrari
É incrível como a capital paulista, uma das cidades mais cosmopolitas do mundo consegue ser tão diversa e plural. Seus números impressionam. Ela possui 109 parques e &aacut...
Pessoas andando no aeroporto com bagagens e malas

Série Aeroporto da National Geographic

por: Thatiane Ferrari
Para quem curte a  dinâmica que envolve todo o processo que antecede uma viagem, certamente irá gostar de assistir a série Aeroporto da National Geographic. A temporada sobre ...
Mosteiro de São Bento

Canto gregoriano no Mosteiro de São Bento

por: Thatiane Ferrari
Um forte cheiro de incenso defuma todo o ambiente. Do altar o padre celebra a missa, frente aos inúmeros fiéis que lotam a igreja.  Seria uma cerimônia qualquer em um domingo ...