Moliceiro barco típico de Aveiro
22.02.2019 Veneza portuguesa: conheça Aveiro em Portugal

“Bem-vinda a Aveiro, a Veneza portuguesa”, me diz o vendedor de passeios, sem que eu pudesse avistar o canal. Simpático, mesmo percebendo que não iria comprar nada, gentilmente me conta detalhes da cidade, como se fosse um guia particular.

Aveiro, em Portugal, fica a 78 km da cidade do Porto, a segunda maior cidade do país. De passagem pela região, decidi conhecer a tão falada “Veneza portuguesa”. Em uma manhã ensolarada de outono, o que eu encontrei me encheu os olhos.

A ria de Aveiro (não escrevi errado, não. É ria mesmo) é o nome dado ao canal, que nada mais é do que a foz de um rio, o Vouga. É de lá, bem na área central da cidadezinha, que saem os passeios de barco: os moliceiros, uma embarcação de porte pequeno, que lembram as gôndolas venezianas.

Ría de Aveiro a chamada Veneza portuguesa
A cidade possui diversos canais ao longo da região central

Aveiro: o que fazer?

A região central da cidade de Aveiro é relativamente pequena. Por isso, muitas das atrações podem ser conhecidas a pé. Fora isso, o ideal é aproveitar os passeios de barco pelos canais e as bicicleta pelas pontes que cortam a cidade.

Passeio de Barco

Usado antigamente para o transporte e a colheita de moliços, uma espécie de plantas aquáticas que crescem na água salgada, os moliceiros são feitos para navegarem em regiões com pouca água.

Alguns possuem temas de ídolos da vida local e outros picantes. O tal vendedor de passeio já tinha me alertado. Achei que fosse algo tranquilo, alguma brincadeirinha com duplo sentido, mas não. As frases e imagens são bem pesadas e proibida para menores!!!!

Moliceiros com palavras picantes
Moliceiros e seus painéis atrevidos

Outrora usados em função do trabalho, hoje os moliceiros viraram atração turística. O tour custa 10 euros e possui duração de 45 minutos. Normalmente seu trajeto levam os visitantes para quatro canais urbanos, saindo do Canal Central e passando pelo Canal das Pirâmides, no Canal de São Roque até chegar  no Canal do Cojo.

Algumas empresas oferecem depois desconto em padarias locais que vendem os tradicionais ovos moles, doce português da região.

Andar de bicicleta

Pertinho do Largo do Mercado, está o quiosque da BUGA, a Bicicleta de Utilização Gratuita de Aveiro. Para pegar emprestado, basta ir até o ponto de retirada e deixar um documento de identificação no local, pedalando apenas no perímetro que envolve o centro. Pela cidade são mais de 300 unidades disponíveis para a população e visitantes.

BUGA bicicleta de graça em Aveiro
BUGA: a bicicleta gratuita de Aveiro

As bicicletas são bem preservadas e seu uso é ilimitado, pode utilizar o tempo que for preciso.. Apenas fique atento aos horários do quiosque. Eles funcionam diariamente das 10h às 19h. Particularmente achei a melhor maneira de conhecer a cidade, pois na parte que envolve a região mais centralizada tudo é bem plano.

Andar sem rumo

Caminha por entre os canais quase venezianos, mirar as tradicionais calçadas portuguesas e apreciar a arquitetura das casinhas ao redor é uma das melhores opções do que fazer em Aveiro. Dar tempo a tempo, ampliar o olhar e abrir os radares para tentar se aproximar dos locais são as principais dicas.

Bem na região do canal central existe o Fórum Aveiro, um grande centro comercial com lojas de grandes marcas, porém o recomendado sempre é que você conheça ( e fortaleça com seu dinheiro) os pequenos comércios e seus produtores locais. Se puder, de preferência para as lojas e restaurantes de rua.

Lago da Fonte Nova em Aveiro
Lago da Fonte Nova

Do lado oposto da parte tradicional da cidade, caminhando pelo Canal do Cojo, fica a região mais contemporânea, como o edifício da Universidade de Aveiro. Bem na frente há o Lago da Fonte Nova, um ótimo local para descansar observando os patos entrarem e saírem da água com o jeitinho todo desengonçado.  

Há muito o que ver andando a pé pela cidade:

– Praça do Peixe;
– Sé de Aveiro;
– Igreja de Santa Joana;
– Capela de São Gonçalinho;
– Teatro Aveirense.

Cascais, em Portugal: um tesouro a ser visitado! 


Visite o museus de Aveiro

Conhecer o Museu da Cidade, é compreender um pouco sobre o desenvolvimento da região, as tradições locais e a história de seu passado.  Ele fica bem na beira da Ría e funciona de maneira participativa, integrando a comunidade local e a sua própria história.

Já o Museu de Aveiro, antigo Mosteiro de Jesus, traz o melhor da arte sacra e a ligação de Portugal com a religiosidade. Localizado dentro de um antigo convento, o edifício possui uma área destinada a exposições permanentes e outra apenas para apreciar suas instalações, datado de 1458. Na parte térrea está o túmulo em arte barroca de Santa Joana Princesa, filha de Afonso V, que viveu em clausura durante seus anos religiosos.  

Canais de Aveiro
Laços de Amizade – A ponte mais linda de Aveiro

Coma os tradicionais ovos moles

Por todos os lados há alguma padaria que vende os tradicionais ovos moles portugueses. Com origem conventual, sua produção teve início pelas mãos de freiras da região.  Os doces são moldados em diferentes formatos, envolvidos em uma espécie de massa de hóstia de farinha de trigo. Já o recheio é de  gema de ovo, água e açúcar.  

O mais curioso é que existe uma lei de proteção que proíbe a produção em outro local, com a finalidade de manter a tradição e não perder a receita original.

Doce português com ovo
Tradicional doce de ovos moles de Aveiro

Existe uma lista de produtos que fazem parte da chamada  Indicação Geográfica Protegida (IGP). Os ovos moles de Aveiro é o primeiro doce a fazer parte desse inventário, junto também com outros alimentos portugueses, como alguns tipos de queijos.  

Conheça a Praia da Costa Nova

As principais praias de Aveiro ficam em média 10 quilômetros do centro da cidade, por isso é necessário um transporte para chegar até lá. É possível tomar um ônibus do centro da cidade, que levará até a praia da Costa Nova, a mais tradicional com casinhas coloridas de madeira que remetem a tempos passados.

Se o seu objetivo é curtir uma praia, existem alguns hotéis na região que oferecem estadia por preços interessantes. Assim, ficará mais fácil conhecer o centro e as praias sem aquela correria.

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Veneza portuguesa: conheça Aveiro em Portugal yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Veneza portuguesa: conheça Aveiro em Portugal yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Veneza portuguesa: conheça Aveiro em Portugal yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Veneza portuguesa: conheça Aveiro em Portugal

Onde se hospedar em Aveiro?

A melhor região para se hospedar na Veneza portuguesa é a central, próximo a Ria de Aveiro. De lá, é possível conhecer toda a região a pé e ficar próximo dos melhores bares e restaurantes.

Claro, se o seu objetivo for pegar uma praia e curtir os dias de sol, o melhor a fazer é ficar na região da Costa Nova ou na Praia da Barra.

Booking.com

Um dos hotéis mais procurados e que possui um ótimo preço e localização é o Hotel Aveiro Palace , instalado em edifício histórico.  Já o Aveiro 5 Estrelas funciona como um loft e possui dentro do Booking uma das melhores pontuações da cidade e os valores são relativamente baratos.

Para quem procura Hostel, também têm dicas!!!  É o HI Aveiro – Pousada de Juventude , que fica pertinho da universidade de Aveiro e os canais.  

Como chegar em Aveiro?

De trem:

A empresa de trem que opera por lá é a Comboios de Portugal . Saindo de Lisboa, da estação Santa Apolónia a viagem dura em média 2h30, dependendo do comboio, sim, em Portugal trem é comboio. Não se esqueça!  

Para essa viagem é disponibilizada a opção de primeira e segunda classe. A primeira oferece acolhimento no embarque com uma bebidinha inclusa, jornais e revistas, além das facilidades da segunda classe, que nada mais é do que wi-fi, cafeteria, minibar, ar-condicionado ou aquecedor e cadeiras reclináveis.  Comprando pelo menos com uma semana de antecedência, as passagens costumam ser mais baratas.

Se você sair de Porto, minha recomendação é que você chegue cedo na estação. Sim, a Estação Ferroviária de Porto, chamada São Bento é um espetáculo a parte. Datada de 1896, porém só inaugurada em 1916, seus painéis de azulejos merecem ser apreciados com calma. De lá a viagem até Aveiro dura cerca de 1 hora. É bom ficar atento, pois os comboio que oferecem a opção com primeira e segunda classe cobram um preço mais alto. Os trens mais simples, possuem valores menores.     

Eu amo Aveiro
Certamente você irá amar também!

De ônibus:

Já quem prefere viajar de ônibus, pode consultar a Rede Expressos , a empresa que opera pelo país. De Lisboa, da Rodoviária Sete Rios (na estação de metrô chamada Jardim Zoológico) até Aveiro, a viagem dura cerca de 3h30.

De Porto é bem mais próximo. De lá a viagem dura apenas 1h40. Lembrando que, comprando a passagem de ida e volta juntas, normalmente existe um desconto no valor total. Para não se atrapalhar a dica é: em Portugal ônibus é autocarro ou viatura, tá?! Todos eles possuem internet gratuita e tomadas.  

De carro:

Para chegar de carro em Aveiro, saindo de Porto é necessário pegar a A1 ou a A29 e seguir cerca de 72 quilômetros, em média 45 minutos. Saindo de Lisboa, o melhor trajeto é pela A 8 ou A 17. Ao todo são cerca de 260 km, ou seja, em média 2h30 de estrada.

Aveiro Portugal
A região central é uma ótima pedida para quem quer conhecer detalhes da cidade

O escritório de turismo fica localizado bem próximo a Ria de Aveiro e possui um atendimento muito cordial, com mapas e materiais atualizados. Vale a pena visitar! Enquanto isso, confira o vídeo de promoção da Veneza portuguesa, produzido pelo Turismo do Centro de Portugal :

yH5BAEAAAAALAAAAAABAAEAAAIBRAA7 - Veneza portuguesa: conheça Aveiro em Portugal

PLANEJE A SUA VIAGEM!

Avatar

Olá, meu nome é Thatiane Ferrari

Jornalista especializada em cultura. Já zanzei por mais de 35 países, na maioria das vezes sozinha e com o orçamento curto. Decidi reunir aqui minhas andanças pelo mundo, com o objetivo de compartilhar e estimular a ideia de menos consumo e mais vivência. Viajar é possível, basta planejar!

Blogueiros Brasileiros

O que aprendi ao participar do VEEBB Madrid?

por: Thatiane Ferrari
Durante o mês de novembro, o Zanzemos fez as malas e embarcou para uma viagem que daria uma nova vida ao site. Eu, que não tinha nem sequer um conhecido blogueiro, vivi o ápice de ...