Viajando sozinha pelo Egito

11143709_10206742760864934_4076814995470479463_o

Tenho o vício, mania, gosto por viajar sozinha. Antes eu até procurava companhia porém, agora não as procuro mais. Depois da minha primeira viagem solo e de experimentar as delícias de decidir por completo um roteiro, confesso que temo ao pensar em dividir o caminho.

A ideia de ir para o Egito colocou tudo isso em questão e em certo momento me vi um pouco confusa. Como me aventurar por terras distantes, sozinha em um país conservador, em uma região super populada, sem falar bem inglês e com orçamento de mochileira?

Sim, passei algumas noites sem dormir, com aquele aperto no coração que só quem já teve que cortar um trajeto do mapa sentiu. A cada pesquisa me sentia mais confusa e o meu sonho de conhecer (em um primeiro momento) as pirâmides ficava cada vez mais distante.

Precisei de um tempo para conseguir encontrar o blog Revivendo Viagens da Renata Campos e encontrar enfim a Holaegypt Tours, uma agência egípcia que atende por todo o Egito e oferece em alguns destinos guias em espanhol. A grande vantagem deles são os preços acessíveis e visíveis no site. Achei bem honesto, pois explica todos os gastos a mais e os opcionais, além de conter uma tabela com os valores dos ingressos que são pagos à parte.

Todos os contatos com a Holaegypt Tours foram realizados por e-mail em inglês. Super paciente, a Anna Nagy foi a responsável pela organização da minha viagem. Sempre que tinha qualquer dúvida escrevia para ela e de maneira rápida e objetiva ela me respondia.

Contratei o Day Tour nas pirâmides de Giza, Sakkara e Memphis, no Cairo e o Tour de trem até Aswan e depois Cruzeiro no Nilo até Luxor (5 dias e 6 noites). Alguns amigos que fiz durante a viagem compraram seus pacotes na própria cidade com um preço mais em conta.

Na minha opinião, na cidade do Cairo só compensa fechar um pacote de passeios para as pirâmides. Além de serem distantes umas das outras, elas estão em uma região afastada e de carro é bem melhor. Sem contar da importância do contato com um egiptólogo para explicar cada detalhe das pirâmides e dinastias pertencentes. Samara, minha guia particular, teve toda a paciência para me ensinar e responder as minhas incansáveis perguntas tanto sobre a história do local quanto dos costumes praticados hoje pelos egípcios.

Você pode ir tranquilamente sozinha até o Museu do Cairo (e lá contratar um guia se sentir necessidade), a Cidadela, a Cairo Tower, comer Koskary ou ao Mercado Khan al-Khalili. Para quem assim como eu gosta de vivenciar a cultura local, acho importante ter esses momentos mais soltos.

Obviamente que por ser um país muçulmano e bem tradicional é preciso ficar atento na hora de escolher suas roupas, ainda mais se você for uma mulher sozinha andando pelas ruas. No primeiro dia como estava ainda me adaptando ao calor resolvi vestir uma blusa de manga curta (sem mostrar os ombros) e para a minha surpresa quase parei o Cairo. As pessoas se cutucavam para me ver passar. Homens, mulheres, crianças, idosos. Todos me olhavam. Pediram até para tirar fotos comigo.

É um misto de curiosidade e reprovação. Não gostei do que senti. Preferi passar calor e tentar ficar um pouco mais anônima.

A viagem de trem para Aswan durou 13 horas, na classe comum com ar-condicionado. Durante a viagem é possível comprar bebidas e snacks, porém preferi levar um kit lanche para encarar a aventura África adentro. O pacote com a Holaegypt Tours inclui todos os transfers. Sem eles confesso que seria impossível conseguir encontrar a plataforma e vencer a multidão de gente com a minha mala. Solo, meu motorista me deixou dentro do vagão e só saiu de lá quando o trem partiu.

Meu relato continua nos próximos capítulos…

11731623_10206742793265744_2397460813806959025_o

Samara, minha guia durante o tour nas pirâmides de Giza, Sakkara e Memphis

 

11011536_10206742761344946_6318227028330721770_o

Esfinge: um sonho realizado!

 

11059593_10206742737984362_2734366550184132591_n

Um pouco de como são as ruas no Cairo

 

11141300_10206742759464899_8349919659411337283_n

Esse é o Solo, meu motorista no Cairo

 

11143491_10206743044272019_6557754806912752402_o

Andando sozinha pela cidade (foto com temporizador kkkk)

 

11705453_10206742736344321_3776935312081738172_o

Momento registrado por Samara, minha guia (e fotógrafa)!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 Comentários

  1. Iracema Serafim Beretta
    nov 12, 2016 @ 19:26:23

    Oi , estou restes a realizar meu sonho de conhecer o Egito , tive muitas complicações ate definir tudo , mais agora estou apreensiva uma amiga que ia comigo que fala ingués fluente não conseguiu o mesmo voo por motivo familiar vai 5 dias após o meu, estou preocupada porque terei que ficar os 5 dias em um hotel sozinha , e mais um problema minha viagem passou de 30 dias ,deu 31 e ela falou que vai dar problemas …vou comprar o visto lá , você pode me dar algumas informações ? obrigado

    Reply

    • Thatiane Ferrari
      dez 12, 2016 @ 21:10:47

      Oi, Iracema!!!

      Fique calma que certamente tudo dará certo! Minha recomendação é que baixe algum aplicativo no seu celular que você possa em algum momento de apuro fazer uma rápida tradução do português para o inglês. Assim certamente se sentirá mais segura.

      Para sair na rua, o ideal é usar roupas que realmente cubra o corpo e que não chamem a atenção. Apenas na hora de adentrar alguma mesquista é que você precisará usar véu.

      Não sei qual o seu roteiro completo pelo Egito, mas eu poderia te sugerir contratar algum passeio da Holaegypt Tours (http://www.holaegypttours.com) enquanto a sua amiga não chega. A Samara, que foi a minha guia em espanhol, era super atenciosa. Falo isso, pois ficar cinco dias sozinha no hotel pode não ser tão legal.

      Espero que eu tenha ajudado!

      Qualquer dúvida me escreva!!!

      Reply

  2. Érika Miranda
    jan 16, 2017 @ 17:14:27

    Adorei!! Tb pretendo ir sozinha e cheguei a essa agência pelo blog revivendo viagens, e agora ao seu. Quantos dias você ficou? Estou pensando em fechar tudo por essa agência…vc poderia passar o seu roteiro? Obrigda,

    Reply

    • Thatiane Ferrari
      fev 11, 2017 @ 18:28:48

      Oi, Érika! Tudo bem?

      Desculpe a demora em responder. Meu blog acabou ocultando o seu comentário.

      Bom, eu realmente indico a Hola Egypt Tour, pois eles me passaram segurança antes e durante a viagem.

      Durante a minha estadia no Egito fiz algumas coisas sozinhas e outras com a agência. Fiz amizades no hostel, então acabou sendo mais seguro andar por lá.

      Não custumo fazer um roteiro super detalhado, na verdade sempre tenho em mente os lugares que quero visitar e durante a viagem vou criando os momentos.

      1º Dia – Museu do Cairo

      2º dia – Day Tour para as Pirâmides (Giza, Sakkara e Memphis) e Cairo Tower

      3º ao 8º – Aswan, Abu Simbel e Luxor (tour contratado com Cruzeiro no Nilo)

      9º dia – Alexandria (conto aqui como fui de maneira independente: http://zanzemos.com/bate-e-volta-do-cairo-ate-alexandria-no-egito)

      10º dia – Mercado Khan al-Khalili e Cidadela

      Qualquer dúvida me escreva. Boa viagem!!!!

      Reply

  3. Saci de Mochila
    fev 03, 2017 @ 22:24:19

    Thatiane, tudo bem? To planejando ir ao Egito, mas uma amiga que esteve lá esse mês disse que eu JAMAIS devo ir sozinha. Você acha que é um exagero. Quero muito conhecer as piramides.
    Pensei em ir, fazer um tour com essa sua agência indicada e depois sair correndo de lá. E então eu iria a Israel.
    Eu não tô afim de problemas com o estado islamico, então não sei… Voc~e acha que é possível chegar e logo fazer o passeio e ir embora? ou acha que é um exagero????

    Adorei seu blog, me deu esperanças! Já tinha cortado Cairo da lista!!! rs

    Reply

    • Thatiane Ferrari
      fev 11, 2017 @ 18:39:28

      Oi, Saci!!!! Tudo bem???

      Olha, não vou mentir que realmente existe um perigo. Tanto que não encontramos muitos viajantes por lá e alguns passeios temos que fazer com escolta policial (Abu Simbel).

      Porém, acredito que se você for ficar só pelo Cairo não precisa temer tanto. Acho que tem que tomar os cuidados básicos ao visitar um país muçulmano, respeitando as vestimentas e costumes. De resto, se joga!

      Outra coisa, para visitar as pirâmides de Giza, Sakkara e Memphis eu preferi fazer pela agência também pelo fato da distância entre cada uma delas ser grande. Elas não são do mesmo período, então isso também é legal, ter um acompanhamento de um guia para explicar as dinastias acaba sendo essencial!

      Agora se você realmente gosta MUITO de história, confesso que Aswan, Abu Simbel e Luxor são imperdíveis.

      Beijos e boa viagem!

      Reply

Deixe um comentário!

*