Passeio pelas Ilhas Argo-Sarônicas: Egina, Póros e Hydra

dsc03083

Curtindo a ilha grega de Hydra


Por diversos motivos a Grécia ocupa um lugar muito especial em meu coração. Também pudera, com tanta história, cultura e beleza é quase impossível que os visitantes não se apaixonem pelos gregos, em todos os sentidos!


Dentre os inúmeros encantos que vivenciei por lá estão, com toda a certeza, as Ilhas Argo-Sarônicas, um conjunto com seis ilhotas localizadas próximas a Atenas, com águas claras, muito verde e casinhas lindas. Visitei apenas três, Egina, Póros e Hydra em um passeio promovido pela Stravel.

Escolhi essa agência por conta do desconto concedido pelo restaurante Smile. Em todo o centro de Atenas é possível encontrar em postes e paredes da cidade, mapas oferecidos por eles com um anúncio de abatimento no valor de passeios para clientes.

smile-restaurante

Unindo o útil ao agradável decidi conhecer o local e não me arrependi. O cardápio possui diversas opções de comidas, além dos pratos tradicionais da culinária local (salada grega, moussaka, giros, pastitsio…). Os preços são ótimos, ambiente aconchegante, internet livre e atendimento familiar.

img_9839

Deliciosa Greek Salad do Smile


Após almoçar informei o interesse em comprar o passeio. O garçom Thiago prontamente me explicou como funcionava e me levou até a agência, que fica em uma rua próxima ao restaurante. Quanta gentileza!

dsc03118

O lindíssimo Kassandra Delfinous

 

Chegando lá o procedimento foi simples. Apenas falei meus dados, paguei 60,00 e agendei o horário do transfer até o porto para a manhã seguinte.

No outro dia, pontualmente eles estavam no local combinado, em micro-ônibus já com alguns turistas. De lá, partimos para o porto, onde estava apenas o barco da Olympica Cruise. Sei que os gregos são feras no mar mas, confesso que fiquei impressionada com o Kassandra Delfinous. Ainda bem, pois o preço do passeio foi um pouco alto para o meu bolso mochileiro.

 

dsc03100

A torre do relógio de Póros


Ao chegar, fui recepcionada pela guia que falava além de grego e inglês, espanhol!!!! Como estava sozinha e as mesas eram coletivas (já ocupadas por famílias) preferi ficar na parte da frente do barco. Ah, que maravilha! Foi uma experiência incrível poder sentir a brisa do mar com toda aquela vista!

 

dsc03107

Póros: vista lá de cima


A primeira parada foi na ilha de Póros. No meio das casinhas um caminho leva até a parte de cima onde está localizada a torre do relógio. De lá se tem uma vista deslumbrante da baía.

 

img_0936

Hydra: minha preferida!


Seguimos depois para Hydra, a ilha que mais gostei. A arquitetura preservada é um charme que dialoga com o paraíso natural das águas cristalinas. Por lá não se vê carros, todo o trajeto é feito a pé, com animais ou de barco (ao longo da costa). Confesso que não andei pela cidade. Assim que pude me joguei no mar e por lá fiquei!

 

img_0935

Sem carros o jeito é se virar!


A terceira e última ilha foi a de Egina. O Templo de Afaia, no alto da colina é a atração principal da cidade, mas você já deve ter pensado que sim, eu preferi ir para a praia.

 

img_0954

Praia de Egina


Tanto para Egina quanto Hydra são vendidos passeios opcionais – o que eu achei bem complicado, pois pelo preço já poderia estar incluso, mas enfim… Essa é a minha característica se tiver que escolher entre construções ou natureza, certamente ficarei com a última.

O almoço está incluso no passeio é bem servido e as bebidas são pagas à parte. Não vou nem comentar o preço da Coca-Cola, pois graças a Deus eu esqueci. Aliás, refrigerante na Grécia é muito caro. Salada, macarrão, arroz, batatas e carnes fazem parte do buffet.

 

img_0923

Diversas opções para todos os gostos


O barco tem música ao vivo e um casal de dançarinos, que juntos ajudam a animar o ambiente. Ao som da música tema do filme “Zorba, o Grego” todos dançam. Sem faltar, claro, os gritinhos de Opaaaa!!!!

 

dsc03091

Opaaaaaa! Animação no barco: a hora que a brasileira tem que sambar


Conclusão final:
é beeeem turístico, mas para quem está com pouco tempo e quer tranquilidade em alto mar o passeio é super recomendado!


Serviços:

Restaurante Smile: 24 Syngrou Avenue | Tsokri Park 1 – Makrigianni – Athens
No Trip Advisor: https://goo.gl/aCKAj0

Agência Stravel: 22 Syggrou Avenue, Athens
http://www.stravel.gr

Spa de peixes (Santorini-Grécia)

IMG_0769

Feliz com a experiência!


Peixe-médico ou peixe-manicure? O garra rufa é uma espécie de peixe natural da área central do Oriente Médio que se alimenta de células mortas. Por este motivo é bastante utilizado não apenas para fins medicinais como também para quem busca obter resultados estéticos.

Em toda Grécia, não é raro ver spas especializados na técnica dos cardumes na limpeza dos pés. No primeiro momento que vi achei muito inusitado e confesso que recusei a ideia com medo de me machucar ou machucá-los. Porém, a curiosidade falou mais alto.

Acabei aproveitando o clima tranquilo e calmo de Santorini para entrar na onda e relaxar. Ao chegar no spa você retira os sapatos e a atendente te leva até um pequeno tanque para lavar os pés com um produto especial.

Depois você escolhe em qual aquário com cerca de 50 peixinhos você quer colocar os pés. Pronto! Agora eles farão todo o serviço. Não dói, você só sente algo “cutucando” como uma espécie de pequenos beliscos, em especial na área da cutícula.

Optei por 15 minutos de massagem nos pés e após o alarme soar ainda ganhei mais alguns minutos free. O serviço custa 10 euros. O atendimento foi muito bom, eles entenderam a minha aflição inicial e não ligaram para os meus gritinhos a cada mordida mais esfomeada dos peixes.

 

Tanque para lavar os pés

 

IMG_0762

Aquário com os peixinhos

 

IMG_0765

Hora do ataque


Serviço

Dr. Fish Spa
Main Square – Fira – Santorini – Grécia
https://www.facebook.com/DrFishSpaExperience 

Transporte público em Santorini, na Grécia

369459988

Para quem, assim como eu, é uma motorista sem prática apresento aqui a solução: sim, há transporte público e de qualidade em Santorini, na Grécia.

Obviamente que seria mais fácil alugar um veículo, aliás, estava nos meus planos e orçamento alugar um triciclo (em torno de 25 euros, o dia), porém, achei mais prudente não arriscar.

0

Mapa da rota dos ônibus

O trânsito em ritmo de férias, onde tudo é permitido, acaba sendo um pouco confuso. Vi duas pequenas batidas de triciclo por pura imprudência dos motoristas. Teve um que bateu sozinho na parede levando uma boa parte do reboco de uma casa.

A ilha possui um sistema de ônibus com horários fixados que, na maioria das vezes funcionam.  As linhas levam até o aeroporto, Perissa, Kamari, Monolitos, Oia e Acrotíri (Praia Vermelha).  Os veículos são grandes, limpos e estofados… Sim, pelo bem do próximo passageiro: melhor se secar antes de entrar.

Seu ponto central fica em Fira, local que escolhi também para me hospedar. De lá você pode ir para qualquer lugar da ilha. Caso se hospede em outra localidade, terá de sempre ir até Fira para depois partir ao destino escolhido.

1

Terminal de ônibus em Fira.

Cada itinerário tem um preço, que varia entre 1,60 euro e 2,20 euros (em junho/2015).  Os tickets são comprados dentro do ônibus. Vale a pena tirar fotos com o celular dos horários para depois consultar.

Uma dica importante. De Kamari para Perissa existe um schutle pelo mar. O valor acaba saindo praticamente o mesmo que tomasse 2 ônibus (5 Euros), porém certamente você irá economizar tempo.

Anote outra. Para quem quer ver o pôr do sol em Oia e está em Fira, compensa sair um pouco mais cedo. Os horários dos ônibus não costumam ser pontuais e infelizmente depois que o nosso astro rei se põe, só volta no outro dia. No Google é possível saber o momento exato em que ele descansará, então programe-se e não perca um dos maiores espetáculos do mundo!

Confira abaixo os horários praticados em junho/2015, para ter uma ideia de como funciona:

46524 533453 3453453 52245353 65442121527275254

Serviços:
Local Bus – Santorini – Grécia
http://ktel-santorini.gr/ktel/index.php/en/

Como chegar em Santorini?

Santorini Perissa Zanzemos

Só de olhar para as fotos de Santorini pelo Google já dá para se sentir perdido em meio a tanta beleza, porém é preciso ser prático e ter os pés no chão na hora de escolher a melhor opção para sair de Atenas e chegar até esse paraíso grego.

Bom, existem três opções. Para escolher uma delas, primeiro é preciso analisar friamente o quanto de tempo e dinheiro você terá disponível para a aventura no arquipélago.

blue  ..

Ferry – Blue Star Ferries – http://www.bluestarferries.com      

A primeira forma e a mais barata é o Ferry normal econômico. A viagem possui a duração de 8h e a passagem por trecho consultado ficou € 30,00* (cada trajeto). Preço tentador!!!

hellenic.
Ferry Rápido Hellenic Seaways – www.hellenicseaways.gr

Já a segunda é a lancha rápida. Ela custa um pouco mais, € 59,00* (cada trajeto) e o tempo de navegação é de 4h45.

aegean                   
Avião Aegean Airlines – www.aegeanair.com

A terceira opção foi a minha escolhida: avião. A Aegean é a maior companhia grega e opera a mais de 15 anos no mercado. Obviamente gostaria de guardar na lembrança a navegação no mar Egeu e a movimentação do porto de Piraeus, mas levei em consideração o tempo de voo: 45 minutos. Paguei dois meses antes da viagem o valor € 113,31* já com taxas (trajeto de ida e volta).

*Preços cotados dois meses antes para uma viagem em Junho/2015.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...