Eataly São Paulo

img_7186
A culinária italiana me atrai desde pequena, quando passava férias na casa da minha vó e esperava a hora de ajudá-la a fazer deliciosas massas. Da ida ao supermercado, passando pelo preparo e chegando ao “mangiare”, tudo aquilo me fascinava.

Todas as vezes em que tive a oportunidade de colocar os pés por lá no mesmo instante dizia adeus a dieta, me entregando a tudo que só eles podem oferecer. Em meio a uma maratona de gordices, revezamento de pasta, vinho e gelato, uma hora a orgia gastronômica acaba e o estoque de delícias trazidas no canto da mala também.

 

img_7181

Um pouco das delícias encontradas por lá

 

Nesse momento a melhor coisa a fazer é visitar a Eataly São Paulo, uma espécie de mercado, restaurante e centro pantagruélico (kkk) especializado em tudo o que há de mais delicioso na Itália. Para quem é, assim como eu, viciada em massa garanto que lá mais parece a filial do paraíso.

Até o momento eles possuem 29 lojas na Itália e espalhadas pelo mundo: Japão, Estados Unidos, Dubai, Alemanha, Istambul e no Brasil, em São Paulo (a primeira da América Latina!!!).

 

img_7192

Grande variedade de queijos

 

São mais de 7 mil produtos a venda. Você pode levar para casa molhos, massas frescas, bebidas, azeites, queijos, entre outros. Para quem prefere comer por lá a Eataly possui sete restaurantes divididos pelo espaço. Tem um só de pizza, outro de pasta, carne…. Eu preferi unir o útil ao agradável. Comi uma refeição completa e levei também uma comprinha para casa.

 

img_7184

Azeites, molhos e extratos

 

Fui em um dia da semana na hora do almoço e fiquei encantada com o que vi. Estava bem tranquilo, porém não havia mesa para pessoas sozinhas. Eles me ofereceram a parte do balcão e como aceitei nem precisei pegar fila. Os preços dos pratos são bem acessíveis. Para você ter uma ideia a massa mais barata de Spaghetti Al Pomodoro custa R$ 28,00. A mais cara acompanha frutos do mar por R$64,00 (preços de agosto/2016).

 

img_7180

Preço acessível para todos os bolsos


O momento da sobremesa, no térreo do prédio, é uma perdição à parte. São chocolates, cremes, sorvetes, crepes de Nutella. Tem para todos os gostos de bolsos. Confesso que me decepcionei um pouco com a parte de chocolates. Esperava que tivesse uma variedade de produtos da Ferrero Rocher. Meu alvo inicial eram os maravilhosos bolinhos Kinder Délice, mas não encontrei.

A programação é bem intensa com aulas sobre o preparo de risottos, pães, pastas, molhos… para adultos e crianças. A localização é ótima para quem tem carro. Se você está apenas de passagem por São Paulo ou se, como eu, você é uma pedestre convicta prepare as perninhas para a caminhada desde a estação de trem.

Confira imagens:

img_7182

Diversos tipos de ingredientes

 

img_7199

Típica pizza italiana

 

img_7183

Grande variedade no formatos das massas

 

img_7187

Sete restaurantes espalhados pela loja

 

img_7194

Chocolate!!!

 

img_7189

Ambiente amplo e agradável

 

img_7193

Arquitetura que dialoga com a luz natural

 

img_7203

Parte destinada aos doces

 

88605219-8121-4ba7-b0a5-bc0cbe1c23f6

Sobremesas


Serviço:
Eataly São Paulo
Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489 – São Paulo-SP
Horário de funcionamento: de domingo à quinta das 8h às 23h, sexta e sábado das 8h às 24h.
Informações: www.eataly.com.br

Restaurante Egípcio Koshary Abou Tarek

AbouTarek
Arroz, macarrão, lentilha, grão de bico e cebola frita. Tudo isso regado com um suculento molho de tomates. Deu água na boca?

Esse é o koshary, tradicional comida que não pode faltar na mesa dos egípcios. É como se fosse o arroz e feijão para nós, brasileiros. A aparência não é tão boa, mas o gosto posso lhe garantir que é muito bom.

No Egito ele é tão popular que alguns restaurantes se especializaram e só possuem no cardápio esse prato. É o caso do Koskary Abou Tarek, um restaurante de 4 andares tipicamente egípcio que recebe poucos turistas. É curioso perceber que todas as vezes que fui a televisão estava ligada em algum canal que exibe ao vivo a movimentação perto da Caaba, a pedra negra que fica em Meca, na Arábia Saudita.

Os garçons são super atenciosos e alguns falam inglês. O atendimento é rápido e muito barato. Para se ter uma ideia, em junho de 2015 o prato médio estava 10 libras egípcias e o grande 15 libras egípcias.  Ele é próximo ao Museu do Cairo, porém os bares, o comércio e a sujeira da rua assusta um pouco, mas não deixe de ir.  Certamente é uma opção deliciosa e barata para quem gosta de vivenciar também a culinária local.

O canal de notícias norte-americano CNN fez uma matéria especial no restaurante. Confira:

Serviços:
Koshary Abou Tarek
16 St. Champolion – Cairo
Facebook: Koshary Abou Tarek

Bon Appétit em Paris!

comida de rua em Paris 3

O céu e o inferno no mesmo prato! Comer em Paris é uma delícia, porém se você não tomar cuidado verá seu orçamento de viagem se findar em um piscar de olhos.

Por este motivo, uma das melhores pedidas nesta linda parte do velho continente é desfrutar das comidas vendidas nas barracas de rua. Com preços pra lá de acessíveis e um menu variado de crepes, baguetes e quiches fica difícil falar que não comeu bem por aqui!

Mesmo em uma das avenidas mais caras e famosas do mundo a Champs-Élysées é possível comer na rua. Minha dica vai para o “Crêpes Biologiques”, localizado próximo ao número 75. Eles oferecem dentro de um trailer uma série de sabores de crepes doces e salgados. Os preços variam  de 3 a 7 euros, conforme a quantidade de itens que você inserir na massa, que aliás é orgânica.

Comida de rua em Paris 2

Na primavera, dá para degustar essa maravilha tendo como vista este lindo jardim!

É difícil vir até Paris e não querer experimentar as  “transformações genéticas” (rsrsrs) de produtos que conhecemos tão bem. Seja o Philadelphia de Chocolate Milka ou os diferentes bolinhos da Kinder, tudo sempre é novidade. A Coca-Cola mesmo mantém na Europa uma linha de sabores que não vendem de forma popular no Brasil, como a de Baunilha, Cereja e a Sem Cafeína.

Coca Cola Cherry

Ainda no assunto comida, é possível em Montmartre encontrar em qualquer quarteirão os deliciosos crepes de Nutella. Sua fabricação com a chapa quente aos olhos do cliente é um show à parte. Mesmo com tantos quiosques os turistas fazem fila para comprar, e claro, para fotografar também. Digamos que é mais um dos itens imperdíveis da culinária parisienses.

Outro que com toda certeza não poderá faltar na sua listinha gastronômica é o Croque Monsieur. Se você já comeu e assim como eu gostou, pegue seu caderninho e anote a receita!

Confira algumas imagens de dar água na boca:

Croque Monsieur

10 Croque Monsieur

Ingredientes

4 fatias de pão de forma
2 ovos
200 g de creme de leite sem soro
Presunto em fatias
Queijo mussarela em fatias
Parmesão ralado
Noz-moscada e sal a gosto

Preparo

Em um recipiente misture os ovos com o creme de leite, o sal e a noz-moscada, até formar um creme homogêneo

Em uma forma coloque 4 fatias de pão de forma e passe metade do creme por cada uma das fatias até que fiquem bem úmidas

Coloque por cima as fatias de presunto e de queijo mussarela

Cubra com as fatias de pão restante, e por cima coloque a outra metade do creme e polvilhe com parmesão ralado

Leve ao forno pré-aquecido até que o queijo derreta.

Confira abaixo as imagens do preparo: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...